Terça-feira, 02 de Março de 2021
Sim e Não

Distrito vai funcionar durante o toque de recolher


show_1_FE7F8BD9-5DF0-4973-8BA8-83290A3C9DFA.jpg
18/01/2021 às 06:57

As empresas do Distrito Industrial de Manaus não pararam a produção durante o toque de recolher imposto pelo Governo do Estado para frear a disseminação da Covid-19 e adotaram um novo turno para garantir que não haja a circulação de veículos no período  de recolhimento, entre 19h e 6h. São oito horas de trabalho, com  uma hora de intervalo e uma hora de extra para garantir que todos fiquem dentro das fábricas durante as horas em que a circulação nas ruas e avenidas está proibida.

Prorrogação - Decretado inicialmente por 10 dias, o toque de recolhe r no Amazonas foi prorrogado pelo governo até  o dia 31 deste  mês, juntamente com as restrições de atividades econômicas não essenciais  e eventos. O decreto que prorroga as medidas foi publicado ontem no Diário Oficial do Estado (DOE-AM). 

Agora sim...  -  Ao anunciar ontem o início da vacinação anti-Covid via PNI, o ministro Eduardo Pazuello (Saúde) deixou implícito que  a capital amazonense poderá receber proporcionalmente mais doses que outras localidades.

...prioridade -  Isso porque, segundo ele, a taxa de risco da Covid-19 vai ser um critério para a quantidade distribuída, antes baseada somente   no tamanho da  população. Com uma explosão de casos na capital, o Amazonas tem hoje a pior taxa de transmissão.

E o que foi prometido - Na semana passada, em  Manaus, quando soltou o fatídico  “dia D, hora H”,  Pazuello disse, sem clareza,  que a cidade teria prioridade na vacinação. Porém,  emendou que a capital, que viria a colapsar dias depois, não iniciaria a campanha  antes de outras cidades  ou receberia  doses em maior proporção. 

Rateio -  Agora é aguardar para hoje o anúncio de como será feita a repartição desse 1º  lote de vacinas: são 6 milhões de doses de CoronaVac, sendo que só    São Paulo, que começou ontem mesmo a vacinar, deve ficar com 1,4 milhão delas.

Tudo pronto - O governador Wilson Lima anunciou ontem que o Amazonas tem seringas e que está preparado para iniciar a vacinação na quarta-feira.

ALEon - A Assembleia Legislativa do Estado  (ALE-AM) vai realizar uma  sessão virtual extraordinária amanhã, com todos 24 deputados, para tratar sobre crise da Covid-19 em Manaus. A extraordinária    foi decidida em reunião virtual na noite de  sexta-feira. O poder está em recesso e as atividades plenárias  estão  marcadas para voltar no dia  2 de fevereiro.

Proposta - A deputada Mayara Pinheiro (PP) sugeriu que a Casa adquira uma usina de oxigênio com recursos próprios ou altere a resolução que regulamenta o "Cotão" para que ele seja usado em  favor da população. A ideia é louvável, mas deve encontrar muita  resistência de colegas. 

Queda livre -  A nova crise da pandemia em Manaus provocou o pior momento do fretamento aéreo no País até agora, segundo  Ana Benavente, diretora da multinacional Air Charter para a América do Sul,  à coluna  Painel S/A, da Folha de S. Paulo.

Incompatíveis -  Entre as dificuldades, ela  afirma que o porte das aeronaves disponíveis no Brasil não é o ideal para o carregamento de cilindros de oxigênio. “Dos tubos maiores, muita coisa fica para trás. Não dá para levar. Tem o avião, mas não entra na porta”, diz.

 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.