Segunda-feira, 24 de Junho de 2019
Pinga Fogo

Dívidas herdadas de antigos Governos do AM seguem dando dor de cabeça à atual gestão


14_0607EAD5-7FFB-48F7-B300-BFAA9E3C739A.jpg
21/03/2019 às 08:06

- As dívidas acumuladas pelo Governo do Estado, herdadas da administração anterior, seguem dando dor de cabeça à atual gestão. 

- Esta semana, o conselheiro-substituto Mário Filho, do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), proibiu o Executivo Estadual de celebrar contratos “com o mesmo objeto prestado” pela empresa LBC Conservadora, “por valor superior ao cobrado da mesma e/ou que cesse imediatamente todo e qualquer pagamento às empresas que (a) substituíram”.  

- A empresa alega ter dívidas acumuladas entre 2016 e 2019 pelo fornecimento de Agentes de Portaria para a SEC, Setrab e o Hospital 28 de Agosto. A medida cautelar concedida pelo conselheiro Mário Filho simplesmente não cita qual seria o tamanho do débito.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.