Segunda-feira, 10 de Agosto de 2020
Sim e Não

Deputado diz que não há ilicitude


show_berlamino_4D06AFEB-4CE3-4F3B-A056-37B5FD4DBA14.jpg
06/07/2020 às 08:05

Um dos deputados citados em uma anotação aleatória apreendida pela Polícia Federal no gabinete do governador Wilson Lima,  durante Operação Sangria,  disse que as notícias que estão circulando são “tendenciosas”.  Para  Belarmino Lins, o ‘Belão’, que está na vida pública parlamentar há três décadas, a única prática delituosa comprovadamente realizada, neste caso, foi a divulgação de material sigiloso, pertencente a uma investigação em andamento. 

Sem fundamento Assim como o próprio governador defendeu, Berlarmino também afirmou que as anotações não trazem qualquer dado ou informação passível de criar uma suspeita de ilicitude. “Inexiste qualquer menção de datas, finalidade, objeto, ou seja, descritivos de qualquer natureza ou ordem que a relacionem com a Operação Sangria”.

Silêncio Além de Belão, outros sete nomes de parlamentares aparecem no pedaço de papel. Nenhum deles  se pronunciou nas redes sociais, mas o esperado é que os deputados e deputadas citadas comentem o assunto durante a próxima sessão plenária na Assembleia Legislativa (Aleam), amanhã. 

Recesso E por falar em sessão, nesta semana a  Aleam analisará projetos dos deputados Belarmino Lins (Progressistas), Joana Darc (PL) e João Luiz (Republicanos), pedindo a suspensão do recesso parlamentar de 15 dias. Eles entendem que a Casa deve seguir o Congresso Nacional, que suspendeu as férias parlamentares de julho por causa das  demandas que deixaram de ser apreciadas por conta da pandemia.

Resistência Com interesse nas eleições municipais, alguns deputados resistem à suspensão das férias do meio do ano. Josué Neto (PRTB) e Ricardo Nicolau (PSD),  pré-candidatos em Manaus, e Cabo Maciel (PL) e Augusto Ferraz (DEM), que sinalizam interesse nas prefeituras de Itacoatiara e Iranduba, respectivamente, são contra a proposta. 

Continua líder A deputada estadual Joana Darc (PL), líder do Governo na Aleam, negou que tivesse deixado o cargo de confiança no Parlamento. Ela também esclareceu que nunca apagou fotos com Wilson Lima de suas redes sociais, conforme foi compartilhado na internet. 

Produção A Câmara Municipal de Manaus (CMM) divulgou um balanço das principais atividades parlamentares desenvolvidas neste  primeiro semestre. Foram  213  Projetos de Lei, 431 Requerimentos, 194 Indicações, 182 Moções, nove Projetos de Decreto Legislativo, sete Projetos de Resolução, seis Vetos, um Projeto de Emenda à Loman e um Projeto Substitutivo.

Desativado A Secretaria de Estado da Saúde (Susam) desativará o Hospital de Combate à Covid-19 na Nilton Lins.  Com o encerramento do funcionamento do hospital, toda a estrutura de equipamentos disponibilizada pelo Governo do Amazonas será redistribuída nas unidades da rede estadual de saúde.

Ala indígena  Apenas a ala destinada ao tratamento de índios infectados pela Covid-19, inaugurada no início de junho, continuará funcionando. São 59 leitos da ala montada com o apoio do Governo Federal para o atendimento exclusivo aos indígenas.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.