Terça-feira, 15 de Outubro de 2019
PREÇO SALGADO

Prefeitura de Manaus compra garrafinha de água mineral 169% mais cara

A proposta da empresa vencedora da licitação foi aprovada em menos de 18 minutos



_gua_2_46480CA7-90A3-4B4E-BA58-929D07AF279E.JPG Foto: Reprodução Internet
18/09/2019 às 15:50

A Prefeitura de Manaus está pagando R$ 1,40 por uma garrafa de água mineral de 350ml. Em média, o valor do mesmo produto é de R$ 0,52 em estabelecimentos de Manaus. O órgão municipal fez licitação no dia 17 de setembro e declarou como vencedora a empresa T DA S Lustosa Comercio e Serviços ME que vende o produto 169,2% mais caro. No histórico do procedimento, que a reportagem do Portal A Crítica teve acesso, também mostra um erro cometido pela Casa Civil municipal, ao colocar o valor unitário do produto em R$ 140,00.

No documento que mostra a homologação da licitação, é possível verificar que a Prefeitura vai comprar 10.080 garrafinhas de água de 350ml, o que significa um gasto de R$ 14.112 mil nos cofres municipais. O histórico de licitação aponta que o prazo de entrega será de 15 dias após o recebimento da nota do empenho.



O Portal A Crítica também conferiu que a Prefeitura homologou na mesma licitação a compra de garrafas de água mineral de 350ml, com gás, pelo valor de R$ 1,60. Ao relatar a compra, o poder municipal erra novamente ao colocar o preço do valor unitário do produto em R$ 160,00. A empresa fornecedora também é T DA S Lustosa Comercio e Serviços ME.

A Casa Civil municipal aprovou a compra de 720 garrafas de 350ml, com gás, o que contabiliza um gasto de R$ 1.152.

Tem garrafinha de água mais barata​

O valor elevado do produto é comprovado quando realizado o comparativo por meio da ferramenta Busca Preço AM, da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-AM). O preço da mesma garrafinha de água mineral varia, segundo o site, de R$ 0,52 a R$ 0,79 em estabelecimentos de Manaus. Por exemplo, no Big Amigão F7, localizado no bairro Compensa, na Zona Oeste de Manaus, o valor é de R$ 0,52. Já na CDL Atack Filial Flores, no bairro Flores, o preço é de R$ 0,55, enquanto no J A Gomes Alimentos, na avenida Autaz Mirim, chega a R$ 0,79.

Se a Prefeitura de Manaus tivesse comprado o produto no valor de R$ 0,52, o gasto chegaria a R$ 5.241,6 e economizaria o valor de R$ 8.871. Conforme consta na plataforma, os preços de outras marcas são mais elevados chegando a R$ 0,79.

Em relação aos preços da água com gás, a reportagem encontrou garrafinhas com valores menores do que foi comprado pela Prefeitura de Manaus. O site Busca Preço AM aponta valores em R$ 0,89, o que representa um preço 79,8% menor do pago pela executiva municipal. As pesquisas no Busca Preço AM foram realizadas às 13h21 de hoje (18).

Licitação

Conforme o histórico de licitação, a proposta da empresa T DA S Lustosa Comercio e Serviços ME para fornecimento dos produtos foi aprovada em menos de 18 minutos. A proposta foi colocada no sistema por volta das 15h20 dessa terça-feira (17) e foi homologada por volta das 15h38 do mesmo dia.

De acordo com o site Compras Manaus, portal de licitações da Prefeitura de Manaus, o período de inscrições começou por volta das 15h14 dessa terça-feira (17) e finalizou umas 15h15 do mesmo dia, durante apenas um minuto para que a inscrição fosse realizada.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom) e aguarda posicionamento sobre o caso. Assim que a nota for enviada à reportagem, ela será incluída na matéria.

News amanda00 fbdf33e9 57d8 4f3d 9b50 fe9771f08596
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.