Quinta-feira, 02 de Abril de 2020
PERDA

Marise Mendes, irmã de Amazonino, morre aos 85 anos em Manaus

Marise foi vítima de uma parada cardíaca. Ela foi vereadora e esteve por anos à frente da Secretaria de Assistência Social do Amazonas e de Manaus



a1_DF7531C8-379E-4F67-A38C-A15FBBA22777.JPG Foto: Divulgação
14/02/2020 às 12:40

A ex-vereadora Marise Mendes, 85, irmã do ex-governador Amazonino Mendes, morreu nesta manhã de sexta-feira (14), vítima de uma parada cardíaca em um hospital particular de Manaus. A informação foi confirmada por familiares em nota divulgada para imprensa.

Marise era formada em Serviço Social, e esteve à frente da Secretaria de Assistência Social do Estado do Amazonas, durante os anos de 1999 e 2001, e da Secretaria de Assistência Social de Manaus, entre os anos de 2004 e 2005. Era ainda funcionária aposentada da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).



A nota divulgada pelos filhos, netos e bisnetos da ex-vereadora afirma que ela era "defensora dos direitos humanos e dos mais necessitados".

Em posicionamento em sua conta no Facebook, a cantora e ex-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Lívia Mendes, relatou a importância de Marise para a capital e o Estado, devido à sua forte atuação em causas sociais. "Fica a história da mulher tão querida pelos amazonenses. Ficam as histórias contadas da sua trajetória que na simplicidade tratou de resolver e resolveu. Fica a marca do seu jeito único de gerir uma pasta social, sem melindres, sem burocracia a toque de caixa já que tudo era urgente quando a dor incomoda e a morte não espera", destacou.

Em nota, o governo do Amazonas manifestou profundo pesar pela morte de Marise. O governador Wilson Lima enviou condolências aos familiares e amigos da família, com quem compartilha os sentimentos neste momento de dor e luto.

Velório e sepultamento

O velório de Marise acontecerá a partir das 19h desta sexta-feira (14), no auditório Belarmino Lins, anexo da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), situada na avenida Mário Ypiranga Monteiro, em Manaus.

Na tarde do sábado (15) será prestada uma homenagem, seguida de culto ecumênico, também na Aleam. O sepultamento acontecerá às 15h30 deste sábado, no cemitério São João Batista, Zona Centro-Sul de Manaus.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.