Segunda-feira, 19 de Abril de 2021
ÚLTIMO ADEUS

Fiéis se emocionam em velório de Dom Sérgio Castriani

Fiéis e líderes religiosos se despediram do arcebispo emérito de Manaus, na manhã de hoje (4), na Catedral Metropolitana



4fa40dca-00a3-45e2-ad1a-2a0aca7407c2_B9390FB5-4531-4684-80DE-2D2A2E69707F.jpg Foto: Phil Limma
04/03/2021 às 11:33

Fiéis se emocionaram no velório do Arcebispo Emérito de Manaus, Dom Sérgio Eduardo Castriani,  que ocorreu em frente à Catedral de Manaus, situada no Centro da cidade. Líderes religiosos foram ao local para se despedir do arcebispo, na manhã desta quinta-feira (3). 

O atual arcebispo de Manaus, Dom Leonardo Ulrich Steiner, esteve presente no velório e afirmou que Dom Sérgio será lembrado pela dedicação prestada à Amazônia.



“Ele fez do estado a sua terra. O espírito paternal de simplicidade e acolhimento o caracterizou muito. Era um homem muito atento às questões sociais e políticas”, disse.


Último adeus entre os arcebispos de Manaus. Foto: Phil Limma. 

Nereida Siara da Silva, 55, chegou à catedral por volta das 9h50 e acompanhou o velório com atenção. Ela afirmou, entre lágrimas, que foi amiga de Dom Sérgio por cinco anos e que conheceu o líder religioso no Largo São Sebastião, no Centro de Manaus, quando promoveu uma apresentação de coral.

“Ele era muito dedicado à nossa região amazônica, muito carismático e humilde. Esse é um momento muito difícil para nós, católicos”, disse.

O bispo auxiliar Dom José Albuquerque, afirmou que os membros da igreja católica se mantém resignados pela crença na vida eterna. 

“Sabemos que ele descansou na paz de Cristo, porque estava oferecendo seu sacrifício pela doença, que cada vez mais o debilitava, mas ele nunca perdeu a coragem, o amor pela vida e pelas pessoas. Deixou sua marca na história da igreja aqui em Manaus”, afirmou. 

O auxiliar de serviços gerais José Francisco Guimarães, 57, se emocionou quando o velório começou. O religioso perdeu um dia de trabalho para ir à cerimônia, após tomar conhecimento do velório por meio da televisão. 

“O Amazonas e o Brasil inteiro sentirão essa perda. Sou evangélico há seis anos, mas, nessa hora, deixamos as diferenças de lado”, afirmou. 


Apesar de não ser católico, José fez questão de se despedir do arcebispo emérito. Foto: Phil Limma

Dedicação religiosa 

Dom Sérgio viveu o ministério no estado do Acre, no município de Tefé, no interior do Amazonas e na congregação da qual participava, em Roma, conforme Dom José Albuquerque. Ele estava aposentado desde o ano de 2019. 

O líder religioso morreu na noite de quarta-feira (3). Ele estava internado desde a última sexta-feira (26), em um hospital privado da capital. Exames detectaram uma infecção urinária de alto nível. No domingo (28), Dom Sérgio precisou fazer hemodiálise, devido a uma paralização da função renal.

Leia mais>>> Com cuidados especiais, corpo de Dom Castriani é velado em Manaus.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.