Quarta-feira, 08 de Abril de 2020
MOBILIZAÇÃO

Apoiadores de Bolsonaro no AM coletam assinaturas para criação de partido

A blitz ocorrerá neste sábado (18) na Avenida Gabriel Corrêa Pedrosa, no bairro Parque 10 de Novembro. A expectativa é conseguir 50 mil assinaturas



BOLSONARO_44444444_CD4071D2-8035-4551-AC51-6CA153359C77.JPG Foto: Divulgação
17/01/2020 às 13:59

O movimento Direita Amazonas irá realizar amanhã, sábado (dia 18), uma blitz para coletar assinaturas para criação do novo partido do presidente da República, Jair Bolsonaro, o Aliança pelo Brasil. Apoiadores do presidente pretendem mobilizar 50 mil eleitores no Amazonas para fundação da sigla.

Em fase de criação, para que o novo partido esteja apto a participar das eleições de 2020 precisam ser coletadas 492 mil assinaturas, distribuídas proporcionalmente conforme o eleitorado de cada estado, e validadas pela Justiça Eleitoral até o dia 4 de abril, seis meses antes do pleito, prazo para obter o registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A expectativa dos dirigentes da legenda é reunir 500 mil fichas de apoiamento.



Em texto divulgado à imprensa, o movimento Direita Amazonas informa que apoiadores irão montar, amanhã, um posto de informações e coleta de assinaturas no Cartório Fioretti 7° Tabelionato de Notas , localizado na Avenida Gabriel Corrêa Pedrosa, no bairro Parque 10 de Novembro, na Zona Centro-Sul de Manaus.

De acordo com a organização do ato, o apoiador não pode ser filiado a outro partido político e deve preencher uma ficha com dados pessoais, além de apresentar um documento oficial com foto e o título de eleitor. É necessário pagar a taxa para reconhecimento da assinatura, de aproximadamente R$ 6,40. O apoiador pode escolher entre deixar o documento no cartório para ser enviado à sede do partido ou enviar pelos correios para a caixa postal 78460, CEP 01401-970, São Paulo/SP.

Na página da legenda, apoiadores são orientados a fazer a ficha e autenticar em cartório. O partido conservador, que terá o número 38 nas urnas, é fundamentado em três pilares: Deus, Pátria e Família, conforme descrições do próprio site da sigla. Segundo apoiadores, o tema utilizado nos eventos de coleta de assinaturas  é “Nossa aliança é com Deus, com a Pátria e com a Família”.

Maratona de assinaturas

No dia 25 deste mês está programado o evento ‘1º Encontro de Apoiadores do Aliança pelo Brasil no Amazonas’, das 8h às 18h, na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM).

Segundo organizadores, no evento equipes de um cartório farão a autenticação do formulário de apoio que depois serão recolhidos pelo militantes do partido para encaminhamento ao Tribunal Superior Eleitoral.

O evento é promovido pela Frente Conservadora do Amazonas formada por diversos movimentos conservadores no estado, por exemplo, Movimento Endireita Amazonas, Movimento Bolsonaro Amazonas(MBAM), Direita Norte, Movimento Conservador Amazonas, Movimento Sociedade Justa e Movimento Independente do Amazonas.

Saiba Mais

Cinco partidos da oposição protocolaram na última quarta-feira um pedido ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para suspender o apoio de cartórios à criação do partido. De acordo com a Agência Estadão, as siglas (PT, PSB, PDT, PSOL e PCdoB) pediram que o CNJ apurasse se houve a prática de improbidade administrativa. Os partidos argumentaram que “os cartórios de notas são concessões públicas e não podem exercer atividades de natureza político-partidária”.

Na quinta-feira, o corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, negou o pedido após avaliar que não ficou comprovado "estar ocorrendo ilegalidade".  "De fato, não há elementos suficientes para concluir estar havendo atuação concertada dos delegatários de apoiar institucionalmente uma agremiação partidária, em detrimento das demais", diz trecho da liminar.

News larissa 123 1d992ea1 3253 4ef8 b843 c32f62573432
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.