Domingo, 07 de Junho de 2020
PROTESTO

Administração de condomínio na Ponta Negra pede 'bom senso' em panelaços

A síndica geral do condomínio Reserva das Praias disse que a administração recebeu muitas reclamações quanto a realização dos panelaços na última terça-feira



1996072075__1__7B4AA783-0796-484E-B60A-200712034A2B.jpg
02/04/2020 às 18:44

A administração do Condomínio Reservas das Praias, localizado na Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus, distribuiu um comunicado nesta quinta-feira, 2, aos moradores do residencial pedindo o ‘bom senso e a compreensão da coletividade’ ao protestar batendo panelas nas varandas e nas janelas dos prédios.

“Sabemos que o isolamento social é complicado e com isso nossas emoções ficam à flor da pele. O condomínio entende as manifestações sociais nas varandas e janelas, porém, estamos recebendo inúmeras reclamações quanto ao excesso de barulho (bate panelas, gritos e etc). Por isso, com o intuito de promover o equilíbrio nas relações, chamamos a atenção quanto ao fato, pedindo bom senso e também compreensão da coletividade”, diz trecho do informativo enviado aos moradores.



A síndica geral do condomínio, Ana Paula Pinheiro disse que a administração recebeu muitas reclamações quanto a realização dos panelaços. Segundo ela, no residencial com cinco torres, de 18 andares cada, e quase 700 apartamentos o protesto adquiriu grande proporção.

“Tivemos uma manifestação muito grande. Muito barulho e acabou que gerou transtorno para outros condôminos. Não vai ter unanimidade. Teve muitas reclamações e por isso a gente pediu que os moradores tivessem bom senso, procurassem diminuir, evitar porque não vai ter como agradar todo mundo”, declarou a síndica.

Após a emissão do primeiro informativo, um segundo foi encaminhado aos moradores. Nele, a administração diz que o comunicado "não proíbe manifestações pessoais e nem tão pouco (sic) foi este o objetivo". "O intuito do mesmo foi pedir bom senso de ambas as partes, o que apoiam e os que se incomodam com os barulhos".  

Na última terça-feira, foram registrados panelaços em protesto ao pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em rede nacional na Ponta Negra, Vieiralves e no Adrianópolis. A fala de Bolsonaro na TV foi acompanhada por manifestações de moradores em todas as capitais do país. 

Os protestos chamados de panelaços no país começaram durante o movimento pelo impeachment da então presidente Dilma Rousseff (PT). Este ano, Bolsonaro passou a ser alvo dos panelaços, que ganharam força no mês de março, em meio à crise do coronavírus e diante da conduta do presidente em relação ao isolamento social. Nas últimas duas semanas, por exemplo, os panelaços são diários diversas capitais do país, por exemplo, Rio de Janeiro e São Paulo.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.