Segunda-feira, 24 de Junho de 2019
PRAÇA DA SAUDADE

Polícia prende suspeito de dar fuga a atirador que matou homem em bar na Pç. da Saudade

Mario Antônio Cavalcante, 45, dirigia o táxi usado pelo autor dos disparos para fugir. Ele receberia R$ 1,5 mil pelo serviço



Preso_6100BAD8-0C83-4C8D-A55F-AF6E49FD51C2.jpeg Foto: Divulgação
21/03/2019 às 12:38

Policiais militares da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) prenderam na noite desta quarta-feira (20), em Manaus, Mario Antônio Cavalcante, de 45 anos, suspeito de dar fuga ao atirador que matou um homem e feriu outro, também na noite de ontem, em um bar na Praça da Saudade, na rua Simon Bolivar, Centro da capital. Mario dirigia o táxi usado pelo autor dos disparos para fugir.

A vítima do homicídio foi Anderson Silva Andrade, 18 anos, e o ferido é Alexandre da Costa Braga, 30, que foi baleado e encaminhado ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, onde passou por limpeza cirúrgica e segue internado, lúcido e orientado. A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), investiga o caso.

Segundo a PM, os policiais da 24ª Cicom faziam patrulha pelas imediações quando foram acionados logo após o fato. Eles iniciaram buscas e conseguiram prender Mario Antônio Cavalcante na rua Lobo D’Almada, também no Centro. “A primeira viatura foi chamada e, no local, recebeu informações sobre as características do autor e do veículo utilizado. Passamos a informação pelo rádio e uma segunda viatura o localizou em seguida”, informou o comandante da 24ª Cicom, major Franklin Terto.

Segundo o major, o homem preso confessou que receberia R$ 1,5 mil para ajudar na fuga do atirador. “Aos policiais militares, ele informou que, após o crime, deixou o autor na Praça da Bandeira Branca (no bairro Aparecida) e que lhe havia sido prometida a quantia de R$ 1,5 mil para transportá-lo”, disse.

Mario Antônio Cavalcante foi encaminhado para a sede da DEHS e preso em flagrante pelos crimes de homicídio e tentativa de homicídio. De acordo com levantamento feito no Sistema Integrado de Segurança Pública (SISP), ele já tem passagens na polícia, uma delas por roubo em 2014. O carro usado, um táxi alugado, foi apreendido.

O titular da delegacia de Homicídios e Sequestros, delegado Paulo Martins, afirmou que a polícia segue trabalhando para identificar o autor dos disparos e descobrir a motivação do crime. “O acusado preso informou, nos primeiros depoimentos, não conhecer o executor, alegando ter auxiliado apenas na fuga”, finalizou.

*Com informações da assessoria de imprensa

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.