Terça-feira, 07 de Julho de 2020
TRAGÉDIA

Mulher que teve pescoço cortado por linha de pipa morre em hospital

Marta Cristina Souza da Silva, de 36 anos, não resistiu aos ferimentos causados por uma linha com cerol enquanto passada pela Av. Circular 2, no Cidade de Deus



huhu1_6E61E212-4525-4E5D-B6D3-8B9CCE5F4822.JPG Foto: Divulgação
29/05/2020 às 08:23

Após quatro paradas cardíacas durante procedimento cirúrgico, a mulher que teve o pescoço cortado por uma linha com cerol, a frentista Marta Cristina Souza da Silva, de 36 anos, não resistiu e morreu no Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, na Zona Leste de Manaus, durante a noite dessa quinta-feira (28).

A vítima conduzia a motocicleta dela no momento em que trafegava pela avenida Circular 2, no bairro Cidade de Deus, zona norte da cidade, quando foi surpreendida pela linha de pipa, que causou um ferimento fatal no pescoço.



A mulher caiu da moto e foi socorrida por populares que presenciaram a ação. Já no hospital, a vítima ainda chegou a realizar procedimentos cirúrgicos e ser encaminhada à Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde foi a óbito minutos depois, segundo a família.

O corpo, que se encontrava no necrotério do hospital, foi removido por uma equipe do Instituto Médico Legal (IML).

News fe58c969 f689 427d bdc3 fb9389c2f509 adee0aa5 fa35 42f7 850c 32125f8d473c
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.