Sábado, 05 de Dezembro de 2020
Estupro

Criança de seis anos afirma que foi estuprada três vezes por soldado do Exército

Ele confesso que cometeu o abuso contra a menina



mh_25_6F305747-8FDB-4942-9370-E1E84D5AF6B9.jpg Divulgação
26/10/2020 às 12:38

A menina de seis anos que foi estuprada pelo soldado do Exército Brasileiro (EB), Renan Guimarães Costa, 21, afirmou em depoimento à polícia que o crime aconteceu pelo menos três vezes. A informação foi dada pela delegada Joyce Coelho, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), na manhã desta segunda-feira (26).

Renan é lotado no 1° Batalhão de Infantaria de Selva (BIS).



Conforme a delegada, o soldado confessou o crime, mas negou que havia divulgado um vídeo nas redes sociais no qual o ato foi registrado por ele. “Ele acredita, que, talvez, o vídeo tenha sido divulgado pela própria criança”, disse Coelho.

Segundo a autoridade policial, a vítima, sobrinha da companheira de Renan, havia saído da casa aonde mora e ido à residência da tia, a pedido da avó, na ocasião do crime.  Lá, ela sofreu a violência sexual.

A mãe da vítima soube do crime após divulgação de uma gravação publicada no Instagram da tia da criança. A mãe acionou a polícia militar, que levou o homem até a Depca.

A prisão em flagrante de Renan ocorreu na noite de sábado (24), enquanto que a audiência de custódia aconteceu no domingo (25). O indivíduo permanece preso no 1° BIS e foi indiciado por estupro de vulnerável.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.