Quarta-feira, 08 de Abril de 2020
MMA

Coarienses disputam Prêmio Osvaldo Paquetá, considerado o Oscar do MMA nacional

Enquanto lutador Ruan Hunter disputa pela primeira vez na categoria reviravolta do ano, o designer Winicius Tarick busca a segunda estatueta na categoria arte gráfica. Ambos fazem parte da Renovação Coari Team (RCT)



zCR0526-01_p01_61FAAADF-C8AE-4533-B605-E4305377479A.jpg Foto: Divulgação
26/01/2020 às 08:02

As cortinas para o espetáculo do Oscar estão abertas em 2020! Daqui um mês o mundo cinematográfico vive a escolha dos melhores do ano na cerimônia realizada em Las Vegas (EUA). Enquanto no Brasil, mais precisamente no dia 28 de março, no Rio de Janeiro, é chegada a hora de entregar a estatueta do Oscar do MMA nacional, o Prêmio Osvaldo Paquetá. 

São 21 categorias para escolher os destaques nesta edição, e pelo segundo ano seguido, o estado do Amazonas tem representado, mas dessa vez em duas categorias, com os filhos de Coari (distante a 363 km de Manaus): Ruan ‘Hunter’ Miqueias, 26, na ‘Reviravolta do Ano’ pela luta no Rei da Selva Combat; e arte gráfica por Winicius Tarick, 19, do evento Favela Combat 32. 



A primeira vez

Indicado pela primeira vez a premiação, o lutador da academia RCT (Renovação Coari Team), Ruan ‘Hunter’, fez valer a sua finalização com mata-leão sobre Carlos Pramuk e relatou como foi o combate que lhe rendeu a indicação.

“Sobre a luta todos os meus amigos e familiares ficaram boquiabertos, de como fui guerreiro a ponto de resistir a joelhada que me deixou no chão e ao mata-leão que me fez pensar : “vou ter que apagar, porém não vou bater”, pois naquele momento apagar e  não bater significava: perseverança,  não desistir do objetivo, ganhar da forma honesta e superar meus próprios limites sem buscar atalhos” , revelou o lutador coariense.

Dividindo o octógono com o trabalho em loja de reprografia na terra do gás natural, Ruan, aguardava a sua vez de ganhar holofotes nacionalmente através do Prêmio Osvaldo Paquetá. 

“Sobre uma possível indicação sim. Claro que no cenário hipotético nada tão sólido, afinal são muitas lutas. O Brasil é muito grande são muitos atletas e como treinamos muito na RCT (Renovação Coari Team) sabia que meu esforço trabalho duro dariam bons resultados. Essa indicação é prova disso”, admitiu. 

Buscando a segunda estatueta

Outro representante de Coari e atual campeão do troféu Winicius Tarick, pela segunda edição seguida vai pisar no tapete vermelho do Oscar do MMA nacional, e confiante de mais um ‘título’, o designer coariense. Em 2018 Winicius na época com apenas 17 anos de idade, levou o troféu na mesma categoria com a arte gráfica para o evento Shotoo Brasil.  

“Fico muito feliz por novamente poder representar minha amada Coari e meu Amazonas onde temos a oportunidade de ser o único estado a ter dois prêmios nessa categoria. E se Deus permitir, esse sonho vai virar realidade e vamos em busca com fé em Deus que vamos trazer mais esses título inédito para o amazonas e para Coari”, disse o designer e faixa azul de jiu-jítsu da RCT, que revelou o futuro também dentro dos octógonos.

“Estou treinando MMA e já estamos programando minha estreia pra esse final de ano. E  a gente ainda vai agilizar o evento que eu vou lutar”, afirmou o coariense Winicius Tarick. 

Saiba como votar

Para escolha dos melhores do ano no Prêmio Osvaldo Paquetá, basta acessar o site,  https://premioosvaldopaqueta.com.br/. A confirmação do voto será computada no mesmo instante.   
 

News 48367672 1136721996505445 2342939255929569280 n 2dad860c 0057 4e2e b7f5 f53181960f2f
Repórter do Craque
Jornalista formado na Ufam, campus de Parintins. Estudante de pós-graduação em jornalismo esportivo na Universidade Estácio de Sá. Repórter do Caderno de Esporte ‘Craque’ de A Crítica desde novembro de 2018.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.