Segunda-feira, 03 de Agosto de 2020
Destaque

Campeão brasileiro de SuperBike, Victor Simões revela as superações durante o ano

Manauara conquistou o inédito título brasileiro na categoria SuperSport Escola. Na reta final, o piloto sofreu com lesões e chegou a fazer cirurgia oito dias antes de ir para a pista



victor_sim_es_capa_2_96BBAEB7-66BF-4101-818F-26300EAC94C9.jpg Foto: Divulgação
08/12/2019 às 10:29

O último domingo (1º) foi histórico para a motovelocidade amazonense. No tradicional Circuito de Interlagos, o piloto manauara Victor Simões conquistou o título brasileiro de SuperBike, correndo na categoria SuperSport Escola - o SuperBike é uma das modalidades do motociclismo de velocidade e é disputada com motos modificadas de produção. Ao final do campeonato, o manauara somou 204 pontos contra 194 de Raphael Motta, vice-campeão da categoria.

“Primeiramente agradeço a Deus. Sem Ele nada disso teria acontecido. Também agradeço a minha esposa, que foi uma das maiores incentivadoras que tive. Agradeço ao meu treinador e amigo Nico e à toda equipe SPN Racing 598, além de toda a família que se fez presente em torcida. É surreal a conquista”, exaltou o piloto em contato exclusivo com o CRAQUE logo após a corrida final do campeonato.



Caminhada 'veloz'

Embora já tivesse experiência com competições de velocidade - já disputou provas de rally, kart e motocross -, correr com motos de alta cilindrada foi um fato novo para o piloto manauara. Como adversários, pilotos experientes mais adaptados ao SuperBike e que iriam dificultar a vida do ‘novato’ vindo de Manaus, que estreava na modalidade longe de casa.

“Desde a primeira etapa do campeonato, sonhei em ser campeão. Mesmo diante de excelentes pilotos, não desisti. Nas outras etapas o sonho foi aumentando, e vi que poderia continuar lutando para alcançar o título do campeonato”, comentou o dono do troféu.

Vencedor de quatro etapas das nove da temporada, Victor Simões chegou para a última corrida, em Interlagos, disputando o troféu com Raphael Motta. Largando na pole position, o manauara viu o rival fazer uma ultrapassagem ilegal, o que o deixou tranquilo para guiar rumo ao inédito título.

Superação de campeão

Representando a equipe SPN Racing 598, Victor Simões chegou ao título logo em seu primeiro ano correndo de SuperBike. Porém, a conquista final não apaga toda a superação e o sofrimento vivido durante a temporada, que trouxe lesões sérias e muitas quedas em treinos e etapas do circuito brasileiro.

Ao final da prova, Victor comemorou junto de toda a equipe SPN. Foto: Divulgação

“Ele se dedicou muito durante todo o ano. Foi uma temporada difícil devido a lesões e quedas. Ele se superou em cada corrida, em cada treino, e isso o levou representar muito bem o estado do Amazonas”, revelou Nico Ferreira, líder da equipe, que viu seu melhor piloto passar por uma cirurgia no joelho na reta final da competição.

“Sofri um acidente nas vésperas de uma corrida de etapa dupla. Ou seja, competi em duas corridas com uma complicação séria no joelho, uma alça de balde (lesão rara que acontece no menisco), com dores quase que insuportáveis”, admitiu Victor, que precisou passar por procedimento cirúrgico para voltar às pistas do SuperBike Brasil.

“Logo depois, passei por uma cirurgia no joelho e cheguei a correr a etapa seguinte oito dias após a operação, ainda não totalmente recuperado, só para garantir a pontuação. Continuamos trabalhando com a equipe e buscando melhorar a cada treino para garantir o tão sonhado título de campeão”, completou. 

Orgulho amazonense

Quando se está em uma pista de mais de 4 quilômetros, a impressão é a de que estão somente piloto e sua moto. Mas não foi o caso de Victor. Além de correr pelos familiares, o manauara correu para representar bem a terra de onde veio.

“Ser campeão brasileiro, sendo do Amazonas, é uma sensação indescritível. Quando cruzei a linha de chegada, escorreram lágrimas. Poder levar esse título para o nosso Estado foi o que mais me motivou a batalhar. O Amazonense merece”, exaltou o piloto da SPN.

No pódio, o piloto manauara celebra o campeonato brasileiro. Foto: Divulgação

Ainda curtindo a ‘maré de campeão’, Victor não deixa de agradecer todos que fizeram parte da conquista nas pistas. “Um sentimento de gratidão, por todos aqueles que me apoiaram de alguma forma, torcendo, mandando mensagens de incentivo. Ali estava minha família, irmãos, filha e foi maravilhoso”, concluiu o campeão.

News leonardo 9028af08 26fb 4271 b322 4409cded8370
Repórter do Craque
Jornalista em formação na Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e repórter do caderno de esportes Craque, de A Crítica. Manauara fã da informação e que procura aproximar o leitor de histórias – do futebol ao badminton.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.