Sexta-feira, 27 de Novembro de 2020
É SÓ NO ZAP ZAP

Com 42,14% de votos, marchinha do AM vence concurso do jornal CBN

A canção bem-humorada que critica a relação dos casais que vivem imersos no whatsapp foi a campeã da 7ª edição do concurso de marchinhas. Dos compositores, Mário Adolfo e Júnior Rodrigues, a música disputava a final com mais cinco composições



ACR_TICA_9159C1F3-573B-41E3-AAE5-C1288B0FB16A.JPG Imagem Ilustrativa Foto: Arquivo AC
21/02/2020 às 11:55

Com 42,14% a marchinha ‘É só no Zap Zap’, composta por Mário Adolfo e Júnior Rodrigues, foi a campeã, por meio de voto popular, da 7ª edição do concurso de marchinhas do jornal da Central Brasileira de Notícias (CBN). O anúncio foi feito nesta sexta-feira (21) pelo jornalista Milton Jung, durante o programa Hora do Expediente.

No total foram 38 marchinhas enviadas à rádio CBN, segundo informou José Godoy no ar. Em primeiro lugar ficou ‘É só no Zap Zap’. Com 30,34% de votos na segunda colocação está a marchinha “A Terra é redonda”, composição de Matheus Brant, uma sátira sobre o terraplanismo e os seguidores do auto-intitulado filósofo Olavo de Carvalho.



Em terceira colocação com 13,35% de votos ficou a marchinha intitulada “Me beija que to no SPC”, os versos da composição retratam a história de uma homem que curte o Carnaval mesmo com o nome negativado no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). A música é uma composição de Thiago Nonato.

Compositores e marchinha

Veteranos em composições de marchinhas, Mário Adolfo e Júnior Rodrigues já ganharam nos anos de 2011, 2012 e 2013 o festival de marchinhas de um shopping de Manaus, localizado na Avenida Djalma Batista, Zona Centro-Sul da capital, com as canções “Ponto G”, “Faxina Geral no Planalto Central” e “Casamento Gay”, respectivamente.

Mário Adolfo declarou, em entrevista ao Portal A Crítica, que a canção é uma “crítica de costume da sociedade atual”. Segundo ele, a letra surgiu de um incomodo ao perceber que a sociedade está cada vez mais submersa nos celulares e pouco interage pessoalmente.

“Eu estava em um restaurante e, acredite, vi um cara cair porque estava no celular. Também observei que muitas pessoas ali ficavam com a cara no celular. E um dia acordei com a letra e junto com o Junior Rodrigues fizemos a melodia”, declarou o compositor.

“É só no Zap Zap” traz na composição a saga de uma homem que se vê trocado pelo celular. “Ela já não me ama/ na hora de deitar/ seu prazer é o celular/ lamento, por mim/ seu coração não bate/ não tem beijo na boca/ é só no Zap Zap”, diz um dos trechos da marchinha. Ouça a marchinha completa.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.