Sexta-feira, 17 de Setembro de 2021
Artes cênicas

Espetáculo 'Santo Casamenteiro' será apresentado no Teatro AM

Na comédia dirigida por Gomes de Lima, devotas de Santo Antônio ‘lutam’ por um casamento no espetáculo teatral, a ser apresentado nesta quarta (4), às 20h



a1204-2r_corrigir_ombro_esquerdo_3DE28BD8-F3AC-466D-B237-E67362737084.jpeg Em uma das cenas, Santo Antônio e seu ajudante Gregório buscam uma solução para deixar todos satisfeitos (Foto: Izis Negreiros/Divulgação)
04/08/2021 às 13:33

Em uma trama bem humorada que se passa num vilarejo no interior do Amazonas, os rapazes saem da pacata cidade para morar em capitais como Manaus, Belém e São Paulo ao completarem 15 anos. Com isso, as moças do vilarejo aguardam - sem muito sucesso - por alguém para "juntar os trapos". Esse é o enredo do espetáculo "Santo Casamenteiro", a ser apresentado hoje (4), às 20h, no Teatro Amazonas. A comédia é dirigida pelo ator e dramaturgo amazonense Gomes de Lima.

A peça, segundo o diretor, satiriza as relações amorosas dos personagens, em meio às suas diferenças. "Os meninos vão para outras cidades a fim de trabalharem e estudarem, para ter um futuro melhor. E assim vão ficando no vilarejo só as moças que precisam de alguém para casar, sem, no entanto, ter homens adequados para isso, já que os homens disponíveis no vilarejo são moradores de rua, pessoas com deficiência física, 'velhos demais' ou 'amalucados'", pontua Gomes.

Na véspera da festa de Santo Antônio - conhecido como o "Santo Casamenteiro", as mulheres se encaminham para a humilde capela do vilarejo, com o intuito de pedirem, em meio às promessas mirabolantes, um "marido"; assim como alguns homens também se dirigem ao centro religioso para pedir por uma companheira. "Pra complicar mais, o único bem apessoado do lugar é um rapaz alegre, que também quer uma companhia; o que torna, para o santo, muito mais complicado atender aos pedidos", comenta o dramaturgo.

Na cena

Na apresentação, o palco do Teatro Amazonas será ambientado conforme o interior da referida capela, que possuiu aspecto abandonado. Já as personagens trajam figurinos típicos de vilarejos bem humildes do interior -  e maquiagens extravagantes para se sentirem mais bonitas. "Todos os personagens interagem entre si com desdém, inveja, deboche e hipocrisia", acrescenta o diretor.

No elenco do espetáculo, estão atores experientes como o próprio Gomes de Lima (Gregório), Henrique Farias (Totó), Sidney Fernandes (Fugêncio) Felipe Lima (Virgílio), Cleber Cruz (Velho Quirino), Robson Ney (Santo), Kemily Lima (Coroinha) e atores estreantes, como Giovanna Bessa (Anastácia), Monique Bastos (Zefa), Nayara Azevedo (Bastiana), Kely Victória (Georgina), Keyla Gonçalves (Dulcinete), Nelson Wedg (Tião) e Renan Dias (Padre).

A peça será apresentada presencialmente, mas com todas as recomendações necessárias para a prevenção do Covid-19, assegurando o distanciamento social, uso de máscara, álcool em gel e com presença de apenas 50% de lotação do espaço. O espetáculo estreará no município de Careiro da Várzea em meados de outubro de 2021.

Serviço

O quê: Peça "Santo Casamenteiro"

Onde: Teatro Amazonas (Largo São Sebastião, Centro)

Quando: Nesta quarta (4), às 20h

Quanto: Gratuito, com acesso limitado



Subeditora de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.