Sexta-feira, 17 de Setembro de 2021
Imunização

'Vamos vacinar 1 milhão de brasileiros por dia', afirma ministro da Saúde

Durante coletiva deste sábado (3), o ministro Marcelo Queiroga assegurou o fornecimento de 30 milhões de doses da vacina contra Covid-19 no mês de abril



marcelo_queiroga_89D45F72-B372-4DFA-8833-5E553935C9DB.jpg Foto: Marcello Camargo/Agência Brasil
03/04/2021 às 11:41

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que o governo federal tem capacidade para vacinar 1 milhão de brasileiros por dia no mês de abril. O anúncio foi feito durante coletiva de imprensa realizada na manhã deste sábado (3).

"Nós no primeiro momento nos compremetemos já em abril ter um milhão de brasileiros vacinados por dia. O primeiro objetivo é que em abril consigamos permanecer todos os dias com esse um milhão de doses. Para tanto, temos a Fundação Oswaldo Cruz e o Butantan nos assegurando 30 milhões de doses no mês de abril", afirmou o ministro.



Queiroga destacou ainda que o governo está em tratativas para importação de vacinas por meio do Consórcio Covac Facilities, em que o país já investiu 150 milhões de dólares.

"Estamos procurando a importação de vacinas prontas. Essas vacinas podem ser originárias no Consórcio Covac Facilities, no qual o Brasil é integrante. O governo em outubro já alocou 150 milhões de doláres para o consórcio a fim de que tenhamos um aporte de vacinas para cobrir 10% da nossa população", destacou Queiroga.

Imunização de Bolsonaro

Questionado se o presidente da República, Jair Bolsonaro, receberá a vacina contra Covid-19 nesta manhã, Queiroga pontuou que isso cabe apenas ao próprio presidente.

"Ele não me falou nada sobre a vacinação. Ele me ligou de utilizar a Forças Armadas, mas não falou nada sobre a vacinação", finalizou o ministro.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.