Quinta-feira, 16 de Setembro de 2021
Zona Azul

Pagamento da ‘Zona Azul’ continua suspenso

Suspensão se estenderá até o final do ano



show_show_zona_azul_317AA343-145C-4756-BB80-A7A53BBD369B.jpg Arquivo A Crítica
05/11/2020 às 12:40

Durante o anúncio de novas medidas de enfrentamento ao novo coronavírus na capital, realizada nesta quinta-feira (5), o prefeito Arthur Neto reforçou que estenderá até o dia 31 de dezembro a suspensão do sistema de estacionamento rotativo Zona Azul em Manaus.

 A medida foi decretada no dia 25 de março, devido a pandemia de Covid-19 e a prorrogação da suspensão do serviço estava vigente até o dia 30 de novembro pelo decreto municipal nº 4.938.



“Eu não vou tirar o ganho dos flanelinhas. O Zona Azul é um bom projeto, mas é um projeto que vai ficar fechado até o dia 31 de dezembro por que eu não vou desempregar pessoas, eu não vou deixar pessoas passando necessidades, e estou falando de pessoas muito humildes que se não fosse muito humildes, não seriam flanelinhas”, comentou o prefeito, destacando o trabalho de conscientização feito pela Prefeitura de Manaus aos trabalhadores informais.

“Nós fazemos um trabalho de conscientização deles para que eles tratem bem as pessoas, mas as pessoas humildes estão sempre em primeiro lugar quando se trata de ações do nosso governo”, afirmou ainda.

A gratuidade no Zona Azul vale tanto para Centro da capital quanto no conjunto Vieiralves, bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul, onde o sistema funcionada desde o início do ano. O serviço oferta 3.323 vagas, sendo 2.694 vagas na área central de Manaus e outras 629 no conjunto Vieiralves.

News karol 2d8bdd38 ce99 4bb8 9b75 aaf1a868182f
Repórter de Cidades
Jornalista formada pela Uninorte. Apaixonada pela linguagem radiofônica, na qual teve suas primeiras experiências, foi no impresso que encarou o desafio da prática jornalística e o amor pela escrita.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.