Sábado, 08 de Maio de 2021
Vacinação de novo grupo

Finalistas dos cursos de saúde são vacinados contra a Covid-19

Em Manaus, devem ser vacinados estudantes da área de saúde de nível superior e de nível médio



IMG_9659_77ECFF37-3BFF-4F13-A6F2-1AF4427A2631.jpg Foto: Reprodução / Internet
14/04/2021 às 08:03

A Prefeitura de Manaus realiza nesta quarta-feira, 14/4, na Universidade Nilton Lins, localizada no bairro de Flores, zona Sul, a vacinação contra a Covid-19 do grupo prioritário formado por residentes, estagiários e acadêmicos dos últimos anos de formação de cursos de saúde, cujas atividades pedagógicas estavam suspensas devido ao agravamento da pandemia da doença e que agora retomam ao campo de estágio.

Em Manaus, devem ser vacinados estudantes da área de saúde de nível superior e de nível médio, conforme as diretrizes da Campanha Nacional de Vacinação contra o coronavírus, que define que esses acadêmicos são trabalhadores de saúde.



A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), responsável pela operacionalização da vacinação, informa que este grupo é formado por acadêmicos, estagiários, residentes em saúde e estudantes da área técnica em estágio curricular obrigatório na área hospitalar, atenção básica, clínicas e laboratórios, selecionados de acordo com o nível de exposição e o tempo de atendimento nos serviços de saúde.

A diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica (Devae) da Semsa, Marinélia Ferreira acrescenta que os acadêmicos foram identificados pelos estabelecimentos de ensino. São profissionais de nível médio e superior que se expõem ao coronavírus e por isso estão mais vulneráveis. “Seja em nível ambulatorial ou em nível hospitalar, em que o risco se torna muito grande, esse acadêmico, junto com o preceptor, vai ficar em contato direto com o paciente suspeito ou confirmado de Covid-19 e por estarem mais expostos ao vírus, necessitam dessa imunização”, ressalta.

Marinélia Ferreira esclarece que esses alunos foram inseridos na plataforma Imuniza Manaus. “Eles já podem entrar para verificar o seu agendamento. Mas é necessário levar um documento de identificação com foto e o CPF para comprovar as informações e receber a vacina contra a Covid-19”, orientou.

Para organizar a aplicação das doses, a Semsa solicitou das instituições de ensino em saúde o envio de listas nominais indicando o curso, o período e a garantia de que o acadêmico está matriculado e frequentando as aulas no respectivo curso.  A responsabilidade do envio das listas seguindo esses critérios é das instituições de ensino.

Os demais acadêmicos e estagiários dos cursos da área da saúde, que não se enquadram nas atividades definidas pelo Ministério da Saúde, devem ser vacinados conforme o andamento da Campanha Nacional de Vacinação, segundo o ordenamento descrito no Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19.

Cadastro

Após um levantamento das informações sobre a cobertura vacinal em Manaus, demonstrando que a prefeitura conseguiu imunizar 99,7% dos trabalhadores de saúde, primeiro grupo a ser contemplado na campanha municipal de imunização, a Semsa precisou suspender a aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19 para esse segmento.

Mas para viabilizar o planejamento para o atendimento futuro dos trabalhadores que ainda não se vacinaram, a Semsa disponibiliza o link  para o cadastramento das informações. Ao acessar o “Cadastro de Trabalhador da Saúde”  é necessário informar os dados pessoais (nome, CPF e data de nascimento) telefone e e-mail, dados funcionais e o motivo pelo qual o profissional não  recebeu a primeira dose da vacina, além do nome e registro no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) do estabelecimento com o qual tem vínculo. O cadastramento é válido tanto para quem atua em instituições públicas, quanto para os que estão em empresas privadas da área da saúde.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.